Utilizamos cookies para podermos analisar, de forma anónima, as visitas e para lhe proporcionar a melhor experiência possível no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, estará a consentir com a utilização de cookies.

Para mais informações, por favor consulte a secção de Cookies da nossa Política de Privacidade.

X
Noções básicas: O que são estas manchas vermelhas no rosto?

As manchas vermelhas no rosto têm muitas causas e origens, podendo ou não estar associadas à rosácea.

Peça a um adolescente para se lembrar dos pais a beijarem-se ou repare como fica o rosto de um turista nórdico depois de se expor um dia inteiro ao sol sem proteção solar. Inevitavelmente vai observar alguns rostos muito vermelhos... No entanto, estes não são exemplos de manchas vermelhas no rosto associadas à rosácea.

A vermelhidão facial e as manchas vermelhas no rosto associadas à rosácea constituem, na verdade, uma queixa médica, uma afeção vascular e inflamatória crónica na pele. O nome oficial é um pouco pomposo:

                                   Rosácea eritematotelangiectásica

Até pode ser uma palavra longa e muito técnica, mas o que lhe mostra é que a vermelhidão facial é uma doença médica que você e o seu médico devem levar a sério.  

Erythematotelangiectatic Rosacea

Os sintomas da vermelhidão facial podem incluir:

  • Rubor e vermelhidão persistentes
  • Vasos sanguíneos visíveis
  • Sensação de picadas e ardor

É importante salientar que muitas situações causadoras de manchas vermelhas no rosto no nosso dia-a-dia (exposição ao sol, uso de certo tipo de cosméticos, exercício físico mais intenso, exposição ao frio / vento intensos) podem agravar a vermelhidão facial e, com o passar do tempo, levar ao aparecimento dos sintomas da vermelhidão facial crónica. Controlar estes «fatores desencadeadores» é uma parte importante do aconselhamento médico especializado de um dermatologista ou outro profissional de saúde.