Utilizamos cookies para podermos analisar, de forma anónima, as visitas e para lhe proporcionar a melhor experiência possível no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, estará a consentir com a utilização de cookies.

Para mais informações, por favor consulte a secção de Cookies da nossa Política de Privacidade.

X
Causas da Rosácea

Por que razão surge?

Pode não saber as causas da rosácea, mas sabe certamente o que é ter um ataque particularmente intenso de vermelhidão facial. Aquele rubor  quente, acompanhado de repuxamento da pele e comichão na pele do rosto? E as borbulhas que aparecem do nada nas bochechas e no nariz? 

Para o exterior, esta situação é muito visível por si e por todos os que convivem consigo. E a nível interno, o que se passa no organismo quando surgem estes sintomas tão incómodos?

Para a maioria das pessoas, sentir-se ruborizado temporariamente no rosto após a prática de exercício físico ou após passar por uma situação mais embaraçosa,  é uma sensação completamente normal. O problema surge quando esta ruborização ou vermelhidão no rosto se torna permanente.

O rubor surge porque certas situações provocam um maior afluxo de sangue e consequente vasodilatação de pequenos vasos sanguíneos que se encontram logo abaixo da superfície da pele, causando rosácea.

Nas pessoas com vermelhidão facial associada a rosácea, este aumento no transporte de sangue na superfície da pele está desregulado. Os vasos sanguíneos dilatam e depois não voltam ao seu tamanho inicial, por outro lado, com o passar do tempo, surge também inflamação e enfraquecimento das estruturas da pele. Reunem-se assim as condições que causam a vermelhidão facial, maior sensibilidade e mais irritação na pele do rosto - rosácea. 

A boa notícia é que existem novos tratamentos médicos que foram concebidos para diminuir este fluxo sanguíneo excessivo. Ao regularizar o fluxo nos vasos sanguíneos existentes sob a pele, estes medicamentos normalizam a circulação sanguínea nessas zonas, reduzindo a ruborização subsequente. Para iniciar um tratamento com um medicamento deste tipo terá que consultar primeiro o seu médico.

Saiba aqui como abordar o seu caso junto do seu médico e que sintomas da rosácea deve referir.