Utilizamos cookies para podermos analisar, de forma anónima, as visitas e para lhe proporcionar a melhor experiência possível no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, estará a consentir com a utilização de cookies.

Para mais informações, por favor consulte a secção de Cookies da nossa Política de Privacidade.

X

Rosácea - Tratamento

Qual é o próximo passo?

Tem vermelhidão facial, tal como muitas outras pessoas. Não é merecido, afeta o seu dia-a-dia e não é agradável – na verdade, nos dias maus, parece que a rosácea é a única coisa que vê quando se olha ao espelho. Já experimentou e testou uma série de opções de tratamento, algumas das quais funcionaram e outras nem tanto.

Se sente que não controla a rosácea e a sua vermelhidão facial, o próximo passo é consultar o seu dermatologista. A forma como esta doença está a afetar o prazer e satisfação que retira da sua vida, a forma como afeta o seu trabalho,e as  suas relações pessoais, acaba por ser uma ajuda nesta tomada de decisão de procurar tratamento.

Falar com o seu médico nem sempre é a coisa mais fácil de fazer, mas é o essencial para garantir o tratamento mais adequado. Por isso, se está preocupado(a) sobre como deve iniciar o diálogo ou o que dizer depois de começar, explore as duas secções abaixo. Afinal de contas, há uma grande probabilidade de o seu médico ter uma solução que o(a) possa ajudar a tratar a rosácea.

Devo falar com o meu médico?

Nem sempre é fácil falar com o seu médico! As emoções intensificadas que tem sobre a sua a rosácea e os seus sintomas (como a vermelhidão) podem parecer, de repente, um pouco disparatadas quando está calmamente sentada(o) na sala de espera.

Mas acredite que pode ser muito vantajoso ter esta conversa sobre a rosácea e os seus sintomas. Pense nas fortes emoções que sentiu em relação à vermelhidão facial recentemente. Tem passado por situações sociais difíceis? Ou incidentes no trabalho? Agora pense no quão mais fácil e mais calmo(a) se sentiria se esses sentimentos desaparecessem.

É importante saber que quanto mais informações fornecer ao seu médico, melhor. Não se esqueça de explicar não só os aspetos emocionais da rosácea, como também todos os sintomas físicos que tem. Isto porque, para chegar ao diagnóstico correto, o seu médico tem de juntar todas as peças do puzzle que é a vermelhidão facial.

 

 

 

 

Finalmente arranjou o tempo e a energia necessários para marcar a primeira consulta com o seu médico. Parabéns! Está um passo mais próximo de encontrar uma solução que irá ajudá-lo(a) a controlar a vermelhidão na cara. Mas o que devo dizer?

Em primeiro lugar, é importante saber que quanto mais informações fornecer ao seu médico, melhor. A vermelhidão na cara poderá ser visível na altura, mas deverá explicar não só os sintomas físicos, como os aspetos emocionais causados por este problema. Isto porque, para chegar ao diagnóstico correto, o seu médico tem de juntar todas as peças do puzzle que é a vermelhidão facial.

Leia o questionário que se segue, elaborado para ajudar a preparar-se para a sua próxima consulta. Ter um pouco de preparação pode assegurar que a conversa com o seu médico vai ser frutífera e que sai do consultório com o tratamento de que precisa. 

Questionário