Utilizamos cookies para podermos analisar, de forma anónima, as visitas e para lhe proporcionar a melhor experiência possível no nosso site. Ao continuar a navegar neste site, estará a consentir com a utilização de cookies.

Para mais informações, por favor consulte a secção de Cookies da nossa Política de Privacidade.

X

ROSÁCEA

O que vê quando se olha ao espelho? Vê-se a si ou a vermelhidão no seu rosto?

Claro que o reflexo é o seu, mas se sofre de rosácea é normal focar-se unicamente na VERMELHIDÃO. Por vezes, pode achar que a rosácea tem a sua própria personalidade, e digamos que é uma personalidade forte:

A rosácea é a primeira coisa que vejo logo de manhã.

Estou farta deste aspeto rosado.

IntroSoa-lhe familiar? Se sim, então está no local certo. Este website foi criado para ajudar pessoas com rosácea a conseguir controlar a vermelhidão facial, explicando e explorando novas e eficazes formas de atuar perante a VERMELHIDÃO.

Aqui encontrará vários conteúdos sobre a rosácea, incluindo informação sobre a natureza desta vermelhidão, orientações sobre o que perguntar ao seu médico, um questionário de auto-avaliação e informações sobre tratamentos. Basicamente, tudo o que precisa de saber para que possa conseguir ver menos a rosácea e ver-se mais a SI.

Quer saber o que está por trás da VERMELHIDÃO FACIAL?

Se pensa que as manchas vermelhas que tem na cara resultam de alguma reação alérgica ou pele sensível, pense novamente. Uma breve pesquisa na internet mostrará que as “manchas vermelhas na cara” têm um nome científico, apontando para uma doença mais comum do que pensa.

As manchas vermelhas na cara apontam para um problema comum em todo o mundo (1) 

A Rosácea pode afetar todo o tipo de pessoas, apesar de existirem os chamados doentes “típicos”, como uma mulher entre os quarenta e os cinquenta anos de idade, de pele clara e com antecedentes familiares da doença.

Mas então, onde estão estas pessoas com manchas vermelhas na cara como eu? Porque não encontro mais pessoas dessas na rua ou no restaurante local? Bem, há várias explicações possíveis para isto. Uma dessas explicações é que 39% dos doentes evitam o contacto social ou cancelam compromissos devido a este problema tão visível na pele do rosto.[1]



[1] Fonte: Rosacea patient attitude: Market Vision, Q1 2010 Europe

Outra possibilidade é que muitos doentes já encontraram estratégias bem-sucedidas (como as descritas neste website!) para controlar a vermelhidão no rosto.  

A vermelhidão facial pode afetar a minha vida?

Eu e uma amiga fomos ver uns apartamentos novos. Quando nos encontrámos com o agente imobiliário, a irregularidade e vermelhidão da sua pele era evidente, tal como a minha. A minha amiga, descontraidamente, disse-me que lhe parecia impossível como um vendedor, cujo aspeto é tão importante, não cuida do seu aspeto e deixa a sua pele chegar a esse ponto. Eu que tenho um problema semelhante, fiquei incomodada a pensar que também devia fazer alguma coisa em relação à vermelhidão da minha pele…

Embora, aparentemente, e para os outros, a vermelhidão da pele possa parecer não ter grande impacto na vida dos doentes pois parece que já faz parte das suas vidas viver com ela; não é assim. A rosácea é uma doença e a vermelhidão facial, tantas vezes presente nestes doentes, tem um impacto real nas suas vidas, condicionando no seu dia-a-dia. 

Talvez esteja a chegar a um ponto em que o meu desempenho no trabalho está a ser afetado.

Quando era mais nova, não me apetecia sair nem ver ninguém. Ficava muitas vezes em casa.

Se estas histórias lhe parecem familiares, a boa notícia é que a ajuda está ao virar da esquina. Falar com o seu médico sobre a vermelhidão na pele e como esta afeta o seu dia-a-dia é a melhor forma de assegurar que obtém o tratamento de que necessita.